Cavaleiro

Cavaleiro
Os créditos da ilustração são de André Marques - www.andre.art.br

A POESIA E A FÍSICA NA SALA DE AULA

Por: ADILIO JORGE MARQUES

Será possível ensinar Física brincando? Ou através da arte poética? A proposta deste texto foi aplicada em turmas do Ensino Médio de um Colégio da rede particular de ensino do Rio de Janeiro/RJ por dois anos, abrangendo centenas de alunos. A idéia era propor uma atividade onde não houvesse apenas a preocupação com o acúmulo de conhecimentos teóricos da Física, mas também a formação interior e moral dos alunos, com uma política pedagógica para a formação de um ser integral capaz de aplicar aquilo que aprende. Era a oportunidade de escrever poesias envolvendo o tema da Física, com pontos já estudados ou não em sala de aula.

Meu primeiro desejo foi mostrar a abrangência do tema FÍSICA. Que este não se resume ao “decoreba” de fórmulas para se aplicar em exercícios ou provas, como muitos pensam. Isso porque existe um medo generalizado da disciplina, que por si mesma envolve certa habilidade lógica a ser desenvolvida, além do conhecimento de um ferramental matemático mínimo para as soluções quantitativas dos problemas. Com isso, objetivei que os alunos mudassem a visão da disciplina, que a Física não era algo “inatingível”, ou apenas para os “gênios”.

Dando também maior segurança interior aos alunos havia a oportunidade de maior liberdade à atuação do aluno em sala de aula, com espaço para atuar e participar mais intensamente da aula. Penso que maior segurança leva à melhores resultados nesta disciplina (ou mesmo em qualquer outra).

Buscou-se também o desenvolvimento da criatividade daqueles que acreditassem na proposta, pois estariam exercitando algo novo. Não havia o objetivo, no caso das poesias, da grande qualidade, mas sim da criatividade de envolver a Física em algum texto que não envolvesse desenvolvimento matemático. Estava implícita na proposta a socialização dos alunos mais tímidos com os mais extrovertidos, pois apresentariam sua poesia para a turma em um clima de respeito mútuo.

Os critérios e conteúdos curriculares para as poesias foram: clareza do texto, criatividade, pontuação e escrita correta do Português, além da adequação dos conteúdos e conceitos da Física, tais como a Cinemática, as Leis de Newton, forças, gravitação.

A proposta sempre ocorreu no horário regular das aulas de Física. Uma pequena pontuação era dada, mas isso é opcional para cada escola ou Professor.

As poesias foram apresentadas apenas uma vez por bimestre, de forma individual ou no máximo em duplas. Poderia ser de própria autoria ou adaptada de outros autores. Surgiram títulos como os exemplificados abaixo, entre vários outros. A participação média foi da ordem de 50%. A avaliação final igualmente mostra que alunos que se esforçaram em realizar as apresentações desenvolveram maior desembaraço e criatividade para expor-se em público, tornando-se posteriormente menos tímidos até para fazer perguntas em sala durante as aulas.

Acredito que algo a mais da disciplina Física fique no espírito de cada um para sua futura formação.


EXEMPLOS DE POESIAS FEITAS PELOS ALUNOS:


Poesia Física

Einstein;
Newton;
Copérnico;
Todos mortos
Mas a viva teoria da relatividade,
Leis e heliocentrismo são seu legado
Ainda utilizado
Seus corpos não estão mais entre nós,
Mas suas teorias e contribuições
na física ainda permanecem em nossa vidas;
fazendo com que estes nunca sejam esquecidos ;
ao utilizarmos os conhecimentos
que transmitiram à humanidade.


Amor e Física

Amor é como física
Tem seus momentos de movimento e repouso
Movimentos dos beijos
Repouso dos olhares
Passeando pelo nada
Comendo S = Sor + VeTe pelo parque
Ou montando gráficos pelo colégio
Física é amor são como dois corpos
Em movimento constate


Física – idade

Tempo
Espaço
Velocidade
Idade...
15 anos luz
Longe da realidade?
Não!
Relatividade!
Qual o referencial de tempo?
Pra mim
Idade
15 anos


Cinemática

Descobrimos através da cinemática
Conceitos para pormos em pratica.
Tanto o movimento Uniforme como o Variado
Nos ajudam num estudo detalhado.
No movimento Uniforme, com a velocidade constante
Sua velocidade média é ela própria num instante.
Com a velocidade aumentando progressivamente
teremos um movimento acelerado.
Com a velocidade diminuindo constantemente
teremos um movimento retardado.
Todos eles são exemplos de Movimento Uniforme Variado.


À Física

Tudo que é físico é real.
Quando falamos em física não devemos pensar numa
coisa normal
A física e suas diversas vertentes,
Às vezes nos levam a um mundo diferente.
Entramos em uma viagem de movimento, velocidade,
aceleração, gravitação.
Às vezes o móvel está no chão, às vezes não.
A história da física já é remota do passado,
Desde os tempos de Aristóteles a física é usada
para explicar o mundo e buscar resultado.
A física explica conceitos de força, ação e reação, duvida?
Olhe as leis de Newton então!
Se um pássaro está no céu a voar, é a física que
devemos “culpar”.
Se o mundo não para de girar, com a física podemos essa rotação calcular.
Se a física é de difícil conhecimento é também dela
que para o futuro chegará o exemplo.
Se Newton, Aristóteles, Torricelli não a tivessem
Desenvolvido, talvez hoje eu não tivesse aula com o Adílio.


Poesia sem Nome

Quando te encontrei
não sabia qual trajetória tomar
mas tinha certeza que
em seus olhos, os meus queriam repousar.
Uma maçã ajudou a Newton
a descobrir a gravidade,
a você me ajudou
a descobrir a felicidade
Não devemos ser vetores em equilíbrio,
Não devemos nos anular,
Seremos então metade de uma laranja,
para assim nos completar!


Sem Piedade

A gravidade puxa,
Puxa
Puxa
A pele da Xuxa
Que no mais e mais
Murcha
Murcha
Murcha,
Nos mostrando, caros amigos,
Que a velha é uma bruxa.


Poesia sem Nome 2

A física é muito legal
Para ensinar ela tem que ser genial
Quando você atinge certa idade
Você passa a entender a velocidade
Velocidade média
Velocidade instantânea
Velocidade negativa
Os alunos estão sempre na ativa
Então você aprende a aceleração,
Isto é que é emoção!
Mas a física é muito mais que tudo isto
Porém, quem sou eu para falar disto?
Estou ainda no começo de uma matéria dos
entendimentos gregos.
Quanto mais eu sei da física, mais sei que nada sei.


A Física em nossa vida

Passa dia e noite
O corpo se movimenta
A força muitas vezes faz a diferança
A velocidade por sua vez
Nem sempre marca presença
Enquanto isso
Continuamos
Sendo alvos
Da tão conhecida física
Da velocidade de uma queda
Ou do avião
À resistência do freio de um carro com o chão
Ao ver na contra-mão
Um grande caminhão.


Tobogã da Física

Grande tobogã
Alegria da criançada
Será que até nisso a Física é empregada?
A velocidade não é constante
Devido às inclinações
Uma dança constante nas acelerações
A descida é rápida
Mas depende do atrito
Durante a descida só se houve o grito
No final todos felizes
Sem na física pensar
Sim, ela está em todo lugar


Poesia sem Nome 3

Oh gravidade, como tu és bela
Então me diga: Como é possível ser igual em toda terra ?
Oh resistência do ar, por que és tão má?
Por ser mais fininha sempre me espatifo no chão,
Enquanto os outros demoram mais a chegar
Oh gravidade, sem tu tudo parece mais leve
Me permita agora lhe ensinar Torricelli
Oh velocidade final ao quadrado,
tu és igual tua irmã velocidade inicial ao quadrado
Mas não esqueça de juntar, 2 delta S a
Oh Adílio, me permita um tracadilho
o difícil foi rimar, agora pontos você terá que nos dar.


Exercício Físico

Física
Seja cinemática
Dinâmica ou Estática
Tudo você aprenderá na prática
A importância da mecânica é evidente
Pois no mundo o movimento é sempre presente
Para padronizar medidas o SI é usado
E a aceleração é em metro por segundo ao quadrado
Na fotografia estroboscópica ou de múltipla exposição
Tenho milhares de flashes de uma mesma ação
Para o movimento do pêndulo analisar
Inúmeros tempos terei que marcar
Depois, para um bom arredondamento fazer
Critérios devo estabelecer
Identificar o correto, identificar o duvidoso
Como aprender física é gostoso

3 comentários:

  1. Nota 10 para todas as poesias. Tem para todos os gostos, nem o professor escapou.
    Nota 10 também para o Adilio que teve essa idéia tão simples e por isso mesmo tão genial. Você é um educador de primeira.

    ResponderExcluir
  2. Adorei! Parabéns...

    Estou tentando desenvolver um projeto que una história e física e as poesias podem me ajudar!

    ResponderExcluir

Loading...

Follow by Email